Untitled Document
Como lidar com o esquecimento da fala – O conhecido “branco”
 

Você está no meio de uma conversa ou apresentação e, de repente, vem o tolhimento repentino da memória, o esquecimento. E, agora, o que fazer? Se isso já aconteceu com você, seja bem-vindo ao mundo dos seres humanos! Isso pode acontecer com todos nós. A maioria das pessoas fica preocupada em relação ao que fazer quando esse mal assombrar, mas, na verdade, precisamos tratar a sua causa. Uma pessoa que leva uma vida muito agitada, come mal, dorme pouco e, ainda, é sedentária, com certeza, corre o risco de, numa conversa ou apresentação, perder uma informação importante que a deixará numa saia justa. Outro fator que pode contribuir para o aparecimento do “branco” é a falta de preparo. Muitos estão mais preocupados com a forma de falar, deixando, em segundo plano, o mais importante: o que falar. Perdem muito tempo pensando na melhor roupa, na melhor gravata, na melhor técnica de apresentação e se esquecem do mais precioso que é o estudo, o conteúdo, a preparação, o treinamento. Quando o orador se prepara com antecedência e dedica tempo à busca de informações, estará consciente do bom preparo e, consequentemente, o nervosismo será menor, o que diminuirá as chances do “branco” aparecer.

O esquecimento também pode ser provocado pela dificuldade de estruturação da fala. Definir uma estratégia e conhecer as partes de uma apresentação são pontos fundamentais para não se perder durante a fala. Para estar mais seguro, pode-se fazer um pequeno esquema com palavras-chave ou frases curtas.  Mesmo cuidando com antecedência das causas de um possível “branco”, ele, ainda, poderá surgir. Primeiro cuidado que devemos ter quando esquecermos alguma informação é não dizer: —Xiii, deu branco! Chamar a atenção para o aspecto negativo só vai piorar a situação. Caso sinta que fugiu a sequência do raciocínio, sumiu aquela palavrinha-chave, a ligação entre uma ideia e a outra, procure recapitular as últimas informações utilizando outras palavras. Dará a impressão de que você está reforçando a sua linha de raciocínio, o público gostará do reforço e, na maioria das situações, voltará àquela palavra que estava faltando. Caso não consiga se lembrar da mensagem ainda tenho uma “dica”. Vou trazer uma frase que deverá ser utilizada quando você se perder na sequência da fala: diga: O que eu quero dizer é... Você vai trazer a mesma mensagem, porém com outras palavras.

Agora, se, com esses recursos, você não conseguir lembrar a mensagem, informe aos ouvintes que mais tarde voltará naquele ponto. O mais indicado nessa situação é manter a calma e procurar conversar com os ouvintes. Lembre-se de que para ter uma boa memória você precisará investir em qualidade de vida. Ter uma boa noite de sono de pelo menos sete horas de descanso, fazer atividade física, cuidar da alimentação, ler mais e principalmente beber pelo menos dois litros de água por dia. A água melhora os estímulos elétricos do cérebro, o que favorece o funcionamento da nossa memória. 

Gostou das dicas? Faça o curso completo com o prof. Romero Machado. Faça agora a sua inscrição. Clique aqui.

Palestras exclusivas, emocionantes e transformadoras, disponíveis para empresas, universidades e eventos em geral. Leve o Curso de Oratória in Company para sua empresa. Um treinamento moderno, prático e completo para líderes e colaboradores. Romero Machado realiza também o Curso Personal Coaching - Treinamento Particular de Oratória. Sob medida para você. Entre em contato. Clique aqui!

www.RomeroMachado.com.br 
Todos os direitos reservados.

 
 
Romero Machado Oratória Siga-me
 
 
 
Romero Machado© 2014 - Todos os direitos autorais reservados
 
Este site foi desenvolvido pela: Zigg Online