Untitled Document
O que fazer em tempos de crise?
 

E só ler o jornal ou ligar a TV para sermos bombardeados com várias notícias nada animadoras. Desemprego, inflação, alta do dólar, corrupção, aumento dos preços, estresse, depressão, ansiedade. Manter o foco, continuar motivado e otimista tem sido uma missão quase que impossível. Nos encontros familiares, nas reuniões com os amigos e nas visitas comerciais o assunto é um só: a crise.

A história da economia brasileira, infelizmente, foi marcada por diversos momentos difíceis. Os anos 80 começaram com o país sufocado pelo choque do petróleo, que fez o valor das importações crescer e colocar a balança comercial no vermelho. Entre 1981 e 1983, o país viveu uma grande recessão na sua história. O insucesso do Plano Cruzado em 1986. O anúncio da moratória em 1987. O confisco compulsório em 1991, entre outras crises. E agora vergonhosamente presenciamos a corrupção na Petrobrás, no BNDES, as altas taxas de juros, a inflação, o descaso com a saúde, os problemas na educação... Vamos parar por aqui.

O objetivo deste texto não é falar de crise. Quero sim chamar a sua atenção para as soluções em momentos de crise. Já somos especialistas em adversidades. Levantar a cabeça, seguir em frente, se qualificar, fazer a sua parte e acreditar em dias melhores, é o que precisa ser feito. Para isso, quero dividir com você algumas orientações simples, mas muito eficientes para vencermos mais esse momento conturbado do nosso país.  

Enquanto uns choram... Outros vendem lenço – Essa frase sugestiva é o título de um livro escrito por Maurício Werner que se encaixa perfeitamente aos tempos difíceis que o país enfrenta. Proponho que você mude o foco. Não fique apenas falando do problema. Busque soluções criativas para resolver o problema. As pessoas não param de consumir. As pessoas não param de viajar. As pessoas não param de investir. Enquanto uns choram... Outros vendem lenço. De que lado você está?

Conhecimento e qualificação para enfrentar a crise – Pessoas acomodadas que não se qualificam sofrem com muito mais intensidade os efeitos da crise. Há quanto tempo você não participa de cursos e treinamentos? Você tem um plano “B”?  Se for demitido hoje, o que você faria? Estudar abre a mente para o novo. Participar de cursos desenvolve suas habilidades, amplia sua rede de relacionamentos e abre novas portas para o futuro. Agora! É o melhor momento para investir em você.

Não deixe que o ministro da economia decida o seu futuro – Mais cedo ou mais tarde o governo se ajeita e as coisas voltam ao normal. Pessoas de sucesso não dependem do governo para agirem. Elas decidem e planejam o seu futuro. Não espere a oportunidade chegar. Crie a oportunidade. Seja proativo.  2015 poderá ser o pior ou o melhor ano da sua vida. Só depende de uma pessoa: VOCÊ.

Você precisa de disposição para enfrentar a crise – É muito importante manter corpo e mente saudáveis. Você será capaz de pensar e agir de forma clara e estratégica.   Praticar exercícios físicos, comer bem, dormir bem, cuidar da saúde, diminuir ou acabar com o uso de bebidas alcoólicas, possibilitará uma melhor qualidade de vida. Isso representa menos depressão, menos ansiedade e muito mais disposição para vencer.  

Gostou das dicas? Faça o curso completo com o prof. Romero Machado. Faça agora a sua inscrição. Clique aqui.

Palestras exclusivas, emocionantes e transformadoras, disponíveis para empresas, universidades e eventos em geral. Leve o Curso de Oratória in Company para sua empresa. Um treinamento moderno, prático e completo para líderes e colaboradores. Romero Machado realiza também o Curso Personal Coaching - Treinamento Particular de Oratória. Sob medida para você. Entre em contato. Clique aqui!

www.RomeroMachado.com.br 
Todos os direitos reservados.

 
 
Romero Machado Oratória Siga-me
 
 
 
Romero Machado© 2014 - Todos os direitos autorais reservados
 
Este site foi desenvolvido pela: Zigg Online